Mudanças no corpo durante a gestação – saiba quais são
mudanças no corpo durante a gestação
GravidezMãe Real

Uma gestante passa por inacreditáveis alterações no decorrer dos nove meses da espera
do seu bebê. Embora, o seu dia a dia continue quase que no mesmo ritmo, apesar das mudanças no corpo durante a gestação, com orientações fazendo pequenos ajustes é possível prosseguir nas atividades diárias normalmente.

O nosso objetivo com esse artigo é fazer com que as mamães se sintam mais confortáveis
e confiantes em realizar atividades moderadas ao mesmo tempo que zela pelo bem-estar
do seu bebê. E, acredite! Quando você entende melhor o seu corpo e como ele vai
funcionar é possível viver com a mente leve e sem muitas cobranças.

Então, para entender as mudanças no corpo durante a gestação e saber como lidar com elas, aproveite para ler abaixo o artigo completo para se sentir mais confiante na gravidez!

Como ocorrem as mudanças externas durante a gestação?

A maioria das mulheres sabe que ficarão com a barriga grande e os seios mais volumosos
durante a gestação, mas talvez ignore a mudança na textura da pele, mãos, pés e dentes. Porém, muitas mudanças no corpo durante a gestação que acontecem são favoráveis. Sendo, as
curvas mais suaves e cabelos mais espessos e brilhantes são mudanças que podem fazê-la
sentir-se mais atraente.

Mas, também é importante se preparar para outras alterações não tão agradáveis, como: tornozelos inchados, varizes e pele ressecada.

Então, veja abaixo como essas alterações acontecem e qual a melhor forma de lidar com elas!

Seios mais volumosos

Uma das primeiras e mais surpreendentes alterações do corpo ocorrem nos seios. Logo, se trata de
uma característica que pode logo indicar que um bebê está por vir! Com a grande
quantidade de hormônios multiplicados e gerados durante a gravidez é comum que a
auréola e os mamilos fiquem mais escurecidos.

Então, não se assuste! Com o tempo, até mesmo após a amamentação, essa condição
ameniza e os seus seios tendem a voltar o que eram antes.

Alterações respiratórias

Pode acontecer de você sentir falta de ar nas etapas mais finais da gestação, isso porque
quando o bebê está em momento de crescimento dentro da barriga, os pulmões não se
expandem completamente.

Logo, busque realizar atividades de baixo impacto e prazerosas que aliviam a tensão nesse
momento de tanta ansiedade! Então, caso sinta-se muito incomodada, não deixe de informar para
o seu médico.

Aumento da fome e dos desejos

É muito comum sentir sentir fome em horários que antes da gravidez não era algo comum.
Mas, fique feliz com isso! Porque isso significa que o seu bebê está se desenvolvendo bem e que
precisa de nutrientes tanto quanto você.

Por isso, busque um profissional especializado para auxiliar você nas refeições e adaptar de
acordo com as suas necessidades!

Além de todas essas novidades no corpo de uma futura mamãe, existem alguns pontos
altos que precisam de um cuidado extra no dia a dia para preservar a saúde da mãe e do
bebê. Então, confira a seguir e saiba mais!

Riscos do cotidiano das mudanças no corpo durante a gestação

Tanto a grávida quanto o bebê podem ser afetados pela poluição e por substâncias
químicas encontradas em produtos de uso cotidiano. Por isso, tente manter um ambiente
saudável no trabalho e em casa com os pontos listados abaixo!

● Produtos de uso doméstico: evite usar produtos muito tóxicos e não fique no
mesmo ambiente onde possa ocorrer pintura em paredes ou objetos.

● Banhos quentes e saunas a vapor: estudos sugerem que grávidas cuja
temperatura corporal suba acima de 38,8ºC por mais de dez minutos nas primeiras
semanas da gestação ocorrem grandes chances de abortar ou de dar à luz ao bebê
antes do momento ideal.

● Poluição: evite lugares que exijam da sua capacidade respiratória e preze pela
qualidade de um ar mais puro e limpo.

● Animais de estimação: por incrível que pareça, se um Golden Retriever pular em
sua barriga ocasionalmente, não haverá dano a você ou ao bebê. Portanto, o único
animal que poderá trazer algum risco é o gato, uma vez que alguns deles, quando
mantidos fora de casam podem ser portadores de uma infecção chamada
toxoplasmose.

Agora que você já sabe como conviver em diferentes ambientes para manter a sua saúde e
a do seu bebê bem saudáveis, confira abaixo como adaptar a sua rotina para trabalhar com
segurança.

Trabalhe com segurança durante a gestação


Com exceção de alguns trabalhos que exijam muito esforço físico ou sejam de alto risco, é
seguro para a maioria das mulheres que não tem complicações continuar trabalhando
durante a gestação. No entanto é fundamental se atentar a alguns pontos para trabalhar de
forma mais saudável e com a mente tranquila. Saiba mais lendo abaixo!

  1. Minimize o estresse;
  2. Respeite o seu corpo e pare de trabalhar quando achar necessário;
  3. Evite riscos nas atividades cotidianas;
  4. Procure passar longe das áreas dos fumantes.

Então, procure adaptar a sua rotina conversando com o seu chefe ou empregador sobre como
poderá tornar o seu dia mais confortável e mais produtivo. Com um pouco de flexibilidade, o
dia a dia se torna mais leve e saudável de viver.

Todas essas dicas são especialmente para as futuras mamães entenderem como as
mudanças no corpo durante a gestação afetam tanto o seu lado emocional como o
funcional. Então, para saber lidar com essas alterações é muito importante se conhecer e entender
no que essas mudanças podem refletir e alterar na sua rotina.

Se você gostou do artigo sobre as mudanças no corpo durante a gestação, então saiba
exatamente o que preparar para levar para a maternidade e receber o seu bebê sem muitas
preocupações!

Posts que também podem te interessar:

Menu